SEED Ciências

A Resistividade Elétrica dos Materiais

Saiba mais sobre
A Resistividade Elétrica dos Materiais

Do que se trata?

  1. A eletricidade flui através de algumas substâncias mais facilmente que em outras.
  2. Determinando quão bem a eletricidade flui através de formações rochosas subterrâneas, os engenheiros podem saber mais detalhadamente o que existe lá embaixo.

A Investigação

Na experiência utilizamos um ohmímetro para medir a resistência elétrica do solo seco e comparamos o resultado com a resistência do solo molhado com água salgada e, depois, do solo molhado com óleo. Provavelmente, o solo seco terá uma resistência muito grande – talvez tão grande que não será registrada no ohmímetro. No caso da água salgada, existirá mais provavelmente uma resistência mensurável. O solo com óleo em vez de água deve oferecer uma resistência muito alta.

Temos utilizado dois termos fundamentalmente relacionados: resistência e resistividade. As duas são medidas de quanto o fluxo de eletricidade é obstruído ao passar através de uma substância. A diferença é que a resistividade é uma propriedade de um tipo de material, e a resistência é medida em relação a um determinado objeto. No diagrama abaixo, à esquerda, a linha irregular representa um fio. O ohmímetro mede sua resistência. À direita temos um fio mais curto, feito do mesmo material. Este possui uma resistência menor. A eletricidade flui mais facilmente nesse fio, pois ele é mais curto.

A resistividade do material do fio é a mesma nos dois casos. Os metais possuem uma resistividade muito baixa e permitem que a eletricidade flua facilmente. Isso explica por que os fios elétricos são feitos de metal, geralmente o cobre. A borracha, o vidro, o ar e a maioria dos tipos de rocha possuem alta resistividade. Materiais de baixa resistividade são chamados de condutores. Materiais de alta resistividade são isolantes.

Mais formalmente, a resistividade é definida como a resistência de um percurso de um metro cúbico em uma substância.

 

A resistividade de uma formação rochosa é de interesse para os que trabalham com prospecção de petróleo. Como mostra nossa experiência, o solo molhado com óleo tem uma resistividade maior que o solo molhado com água. Uma região subterrânea de alta resistividade pode conter petróleo. Ou pode não conter. Uma área de alta resistividade poderia estar seca em vez de estar cheia de petróleo.

A situação real é muito complicada, de modo que várias medições são realizadas e comparadas para que seja obtido o quadro mais detalhado possível das formações geológicas subterrâneas. Os artigos A Extração de Petróleo, O JOIDES Resolution e CyberGeólogo descrevem algumas dessas técnicas e métodos. Nossa experiência foca o registro de dados de medições elétricas, que é apenas um método de uma variedade de técnicas que são utilizadas.

Investigações Posteriores

A experiência de Absorvência da Rocha está fundamentalmente relacionada a esta. Antes de molhar uma rocha com água, utilize um ohmímetro para medir a resistência entre um extremo e outro. Se estiver utilizando um pedaço de giz, você pode revestir as extremidades com papel-alumínio e colocar as pontas de teste do ohmímetro em contato com o alumínio. No caso da rocha seca, você deve obter uma resistência muito alta, provavelmente muito alta para ser registrada por um movimento do ponteiro do ohmímetro. Após ser molhada com água, a rocha provavelmente terá uma resistência mensurável menor.

A água salgada tem uma resistividade menor que a da água fresca. Na verdade, a água pura tem uma resistividade muito alta. Mas a água quase nunca é encontrada em sua forma pura, particularmente no subterrâneo, onde os minerais estão dissolvidos nela.

Envie-nos seus resultados. Nós publicaremos periodicamente aqui novas informações junto com os relatos de outras pessoas que fizeram essas experiências.